sexta-feira, junho 22, 2007

O tempero da temperança

Vi Shrek 3. Apesar de todos os elogios ao filme, devo ter dado 3 ou 4 risadas no filme todo, e nenhuma delas foi particularmente intensa. Ou meu senso de humor tirou férias ou confirmei a minha antiga tese de que a ironia e o sarcasmo dependem da moderação para terem pleno efeito.


6 comentários:

Adriana disse...

Continuações raramente são boas. Ainda não assisti Shrek 3, agora perdi de vez a vontade de assistir no cinema. :p

Nelton S. Araújo disse...

Eu acho que vc tá ficando é velho...Eu vi Shkrek 3, achei o melhor da trilogia. Inteligente, sagaz, no timing certo.

Vc deveria se divertir mais e racionalizar menos, sr. Rodrigo Sanches

Estava Perdida no Mar disse...

Concordo com o Nelton. Vc sabe que racionaliza de mais...relaxa e...
Ri...

Estava Perdida no Mar disse...

Ops...demais (eu quis dizer)

Jacqueline disse...

Eu confesso que não gostei muito do filme também e até achei que você riu muito, só me lembro de ter achado graça em duas cenas.
Mas ao contrário de você, não atribui essa culpa ao meu senso de humor e sim ao filme que deixou a desejar se comparado com os primeiros.

E putz, Nelton achou o melhor???

palasatena disse...

O melhor foi o PRIMEIROOOOO!
Eu nem lembro direito do 3 de tão bom que ele foi. :P