domingo, julho 23, 2006

Variedades

Uma olhada quase diária pelo Arts & Letters Daily é uma das mais agradáveis e baratas maneiras de expandir a cultura geral e fazer boas leituras. Composto de resenhas, artigos e ensaios atualizados seis vezes por semana, o site é gratuito e oferece uma respeitável seleção de temas. Hoje, por exemplo, deparei-me com a revelação de que Albert Einstein, de quem uma universidade israelense divulgou milhares de cartas, era um mulherengo que sofreu com perdas em Wall Street, deu um filho para adoção e sofria com outro que era esquizofrênico. Certamente nada disso torna a Teoria da Relatividade mais compreensível para o leigo, mas não deixa de ser interessante conhecer um pouco mais a vida de um cientista que, mais do qualquer outro, tornou-se um ícone pop.

Mas não foi só. Um jornalista escreveu para a Harper's Magazine, uma das mais tradicionais revistas dos Estados Unidos, um relato de primeira mão sobre americanos solitários e bem-sucedidos que pagam para participar de uma excursão de "caça à noiva" na Ucrânia. "Aqui você é a mercadoria, você é o pedaço de carne", anuncia o guia da "caçada", encarregado de ajudar os seus clientes a encontrar uma alma gêmea eslava. Aparentemente decepcionados com a dureza no trato com as exigentes mulheres ocidentais, deve ser consolador para essa turma ouvirem que eles é que são o objeto de desejo. A julgar pelo estado das ex-repúblicas soviéticas, fica difícil dizer quem estará realmente fazendo um melhor negócio nessa história: se os americanos, as ucranianas ou a firma que promove as excursões, que incluem em seu roteiro lugares empobrecidos o bastante para potencializar o desespero da nativas por um marido estrangeiro e endinheirado. Ao que parece, as virtudes e os males da globalização já alcançaram os domínios do romance.

E, já que fui parar no site da Harper's, nada como encerrar o passeio pelo circuito de informações-não-tão-úteis com um trecho deste inacreditável "livro de etiqueta" escrito pelo Aiatolá Khomeini. Entre outras coisas, o autor determina quais os lugares onde o fiel não deve defecar e estabelece que a descida das regras de uma mulher no momento de uma oração anula o valor desta. O mundo é mesmo um lugar fascinante...

Enquanto isso, as pilhas de livros à minha frente lembram que não posso perder muito tempo com essas interessantíssimas distrações...

Um comentário:

Palasatena disse...

Não sabia dessa informação sobre o Einstein... vou dar uma espiada neste site depois, depois...