quarta-feira, julho 14, 2010

Os caprichos da Fortuna

Isso diz alguma coisa sobre estatísticas, algo que já foi dito uma vez numa cena da novela "Guerra dos Sexos" (1983) e que eu nunca mais esqueci: "Praticamente impossível não é impossível".

Por outro lado, é duro não pensar em predestinação quando se ouve um caso assim. Não sei bem para que lado pendo, e na dúvida me abstenho sobre a metafísica de tamanha "sorte".

---------------

14/07/2010 09h23 - Atualizado em 14/07/2010 10h11

Mulher chama atenção após ganhar 4 prêmios

máximos na loteria do Texas

Misteriosa Joan Ginther levou equivalente a R$ 36,8 milhões desde 1993.
Chance de isso ocorrer é de 1 em 18 septiliões, segundo matemáticos.

Da AP, em Bishop

Uma mulher chamou a atenção depois de ter ganhou quatro vezes o prêmio máximo da Loteria do Texas, levando uma bolada total de US$ 21 milhões (R$ 36,8 milhões). Segundo os matemáticos, as chances de isso acontecer são de uma em 18 septiliões (18 seguido de 24 zeros).

A felizarda é a professora de matemática Joan Ginther, de 63 anos, que morava na comunidade rural de Bishop, de 3.300 habitantes.

Ela ganhou seu primeiro prêmio, de US$ 11 milhões, em uma raspadinha, em 1993. Depois, ganhou mais duas raspadinhas e um sorteio de números.

Ray Cruz, um ex-vizinho, diz que ela apareceu pouco desde então. Segundo outra amiga, Cris Carmona, ela quer "manter a privacidade".

Muitos apostadores vão ao local em que Joan comprou seus últimos dois bilhetes, o Times Market, mas não conseguem repetir a mesma sorte.

A dona do mercado, Sun Bae, descreve Joan como uma pessoa "generosa", que ajudou muita gente com o dinheiro de seus prêmios.

Homem compra bilhete de loteria no Times Market, na cidade texana de Bishop. Homem compra bilhete de loteria no Times Market, na cidade texana de Bishop. (Foto: AP)

A comissão da Loteria do Texas afirma que já houve casos anteriores de vencedores repetidos, mas não na escala do de Joan.

Sun Bae, a dona do mercado.Sun Bae, a dona do mercado. (Foto: AP)

Bobby Heith, porta-voz da comissão, disse que o caso nunca foi investigado. Ele descartou, no entanto, a possibilidade de fraude.

Joan nunca falou publicamente sobre o prêmio. Ela mudou-se de Bishop para Las Vegas recentemente, e não atende ao telefone.

Ela também pediu a seus próximos que não concedam entrevistas.

2 comentários:

Barbara Lucas disse...

poxa, faz tempo que não apareço por aqui...
Vim te contar que nasceu minha filhota... tem foto no orkut, naõ sei se tu ainda usa, mas lembro q estou lá pq vc me convidou há uns bons anos atrás.. hehe
Beijo grande, e vem ver minha princesinha!!!

mayara disse...

Que raspadinha generosa de U$11 milhões, o máximo por aqui é um carro popular não?