sábado, setembro 29, 2007

Arte "sonâmbula"

A falta que um conceito faz...
Fosse no Brasil, provavelmente este sujeito estaria expondo em locais bem diferentes.
--------
Britânico expõe arte produzida durante o sono
desenho de Lee Hadwin
"Arte noturna" inclui desenhos, retratos e pinturas
Os trabalhos de um britânico que vira artista enquanto dorme vão ser expostos numa cidade do País de Gales, na Grã-Bretanha.

Lee Hadwin, de 33 anos, afirma que tem feito o que denominou de "arte sonâmbula" há muitos anos e não sabe explicar por que seu talento artístico aflora só depois que ele adormece.

Hadwin conta que começou a ser sonâmbulo quando tinha 4 ou 5 anos "fazendo o que crianças normais fazem, como andar pela casa, nada sério".

"Há 12 ou 14 anos atrás eu dormi na casa de um amigo e quando sua mãe acordou viu desenhos na parede da cozinha. Mas ela achou que tivesse sido o filho sob efeito de bebida", relembra.

O artista só se deu conta de que o desenho na verdade era de sua autoria, quando percebeu, pouco tempo depois, que seus jornais começaram a amanhecer desenhados.

Lee Hadwin
Hadwin diz que não se lembra do que faz durante a noite

Enxaqueca

Os trabalhos de Lee, que não faz arte enquanto está acordado, vão desde desenhos, retratos de nus até pinturas.

Hadwin garante que só percebe o que fez durante a noite quando acorda no dia seguinte.

"Eu só sei que estive sonâmbulo durante a noite porque normalmente acordo com enxaqueca. De resto, eu não me lembro de absolutamente nada".

Ele admite que seu estranho hobby noturno já levou a alguns problemas em casa.

desenho de Lee Hadwin
Trabalhos de Lee Hadwin serão expostos

"Minha mãe não gosta quando eu pinto embaixo das escadas".

Quatro meses atrás, o britânico cortou uma de suas calças jeans preferidas e, sem saber, colocou um pedaço de tecido numa moldura.

Os trabalhoS serão expostos numa galeria da cidade de Denbigh, no País de Gales no início do mês que vem.

3 comentários:

Estava Perdida no Mar disse...

E realmente isso é uma boa arte. Melhor do que muitos rabiscos de pseudo-artistas contemporâneos dispertos.

Elaine disse...

Os desenhos são muito bonitos e quem me dera se quando acordo com dor de cabeça, eu me deparasse com desenhos tão bonitos,de tanto impacto, feitos por mim. No meu caso,quando acordo com enxaqueca,a 1ªcoisa que vejo é o caminho até o banheiro, onde guardo meu remédio.Infelizmente, meu talento para desenhos ficou lá no jardim de infância.Faz tanto tempo...

palasatena disse...

Dessa vez esqueceste do local de onde tiraste esta notícia... senti falta. Tem um "jeito" de BBC, acertei?

Como te falei certa vez... a mente apenas se ativa ou se inibe... não acredito que ela deixe de funcionar. Uma prova disso nesta notícia. Talvez sejamos mais lúcidos dormindo, quem sabe...

Chego ao fim desta Odisséia deliciosa que foi o caminhar por teus escritos e escrever sobre o escrito... ou sob?

Um fim parcial, não existe fim, felizmente!
Aguardarei teu próximo "post".
Abraços de nuvens,
S.