segunda-feira, março 26, 2007

Meu primeiro "super-herói"


Mais ágil que um graduando sedentário, mais erudito que um resenhista de periódico, mais corajoso que... que... Ah, não sou muito bom como propagandeador de quadrinhos. Mas o fato é que esse é o primeiro super-herói saído de meu mouse, o fantástico, inigualável, o campeão das bilbliotecas... Azel, o herói-historiador! (Feito numa tarde ociosa neste site.)

Obviamente, saiu levemente autobiográfico, mas um pouco de narcisismo pictórico não há de ser o mais grave dos pecados...

3 comentários:

Anônimo disse...

rsrsrs o super-herói ficou legal...Azel, bem bolado.
Passei apenas um olhar no blog e vi coisas interessantes, sempre que me sobrar um tempo (quando não estiver estudando sua matéria e a dos outos prof.´s) vou dar uma olhada.
A propósito, quem vos fala é um aluno seu, Douglas Elemar da UCAM, HTP, noite.

Abraços!

Jaque Porto disse...

Caramba...vc se enxerga muito bem. Tanto que antes de eu ler o texto só olhei pra figura e pensei: nossa, e a cara do rô
Ah...quero ser sua aluna tb...todo mundo adora vc como professor...pena eu não poder ir nas suas aulas, mas sua querida sister rafinha já deve ter lhe adiantado que desejamos sua ajuda acadêmica na pós...né?

Beijocas fofura

Anônimo disse...

Rodrigo como um super-herói historiador com algo de autobiográfico, pergunto: para que serve aquela arma que ele carrega?
Como super-herói acho que falta algo de romântico em sua figura, ainda mais sendo ele um "contador de histórias". Será que a falta de uma aura romântica no seu herói é o que ele tem de mais autobiográfico? Se a resposta for sim,lamentarei para todo o sempre.
Se a resposta for não, que tal você dar ao seu herói uma capa? E no lugar daquela arma, que tal uma espada?
Pense bem, se ele é um super herói historiador, a capa lhe conferirá um ar cavalheiresco, indispensável o todo herói e a espada o símbolo do heroi sempre pronto a defender seus ideais.
Nossa!!Quase transformei seu herói no Conde de Monte Cristo!!
De qualquer forma gostei de pensar em você de capa e espada.
Elaine.